Posts Marcados crise

Estratégias do comércio para superar a crise econômica

A princípio, a crise econômica mundial é motivo de preocupação para o comércio brasileiro, já que os consumidores podem ficar mais receosos em gastar neste período de instabilidade, inclusive com a ameaça constante de cortes no mercado de trabalho. Mas, diante desse cenário nebuloso, alguns comerciantes arregaçaram as mangas e se anteciparam à crise, trazendo soluções para não perder espaço no mercado.

Nesse contexto, estão algumas lojas de vestuário, como a Woodlouse – multimarcas de roupas masculinas –, que começou o ano contratando funcionários. A aposta do proprietário, Carlos Aziz, é ampliar os diferenciais oferecidos aos clientes para melhorar ainda mais as vendas.

Com isso, foram contratados alfaiates, reduzindo de 20 para 7 dias o tempo de ajuste de uma roupa. Além disso, foram feitos:

· Renegociação e busca de novos fornecedores, dando a opção ao cliente de manter a qualidade com novos produtos;
· Abertura da loja aos domingos, proporcionando mais conforto e agilidade para os clientes;
· Diversificação do leque de produtos e serviços oferecidos;
· Redução do Make-up, taxa de retorno de lucro do produto.

Uma importante observação do comerciante, que há 29 anos atua no mercado, é de que 2009 será o ano de se vender barato. Segundo Aziz, as pessoas estão refletindo mais sobre o valor do dinheiro. “Acabou a ciranda da bolsa…”, afirma.

Outra boa notícia é o desconto dado nas compras à vista, levando a um crescimento de 20% das vendas. “Atualmente, é mais importante ter o desconto à vista do que fazer pelo cartão de crédito”, destaca Aziz, que também celebra um início de ano mais positivo do que obteve em 2008.
 
OUTRAS LOJAS
Além da Woodlouse, outros varejistas, também deste segmento, estão com estratégias diferentes para superar a crise econômica. A Ascona, loja de produtos variados em malharia, está buscando novos fornecedores para reduzir os preços de seus produtos.

Já a Cleotex, loja de lingerie, além de procurar novos fornecedores, está produzindo vários produtos que são vendidos na loja. Com isso, ela pode reduzir os preços e atrair os consumidores. 
 
Sobre a Woodlouse
Inaugurada em 1969, a Woodlouse é hoje reconhecida por oferecer o melhor atendimento da região central. Conta com mais de trinta funcionários, cadastro com mais de seis mil nomes e o reconhecimento e respeito de seus clientes. 

Entre as marcas oferecidas estão as mais famosas do mundo da moda masculina como: 2nd Floor, Aramis, Calvin Klein, Dormieul, Dudalina, Ellus, Fideli, Gerardo Andriello, Lacoste, La Martina, Loro Piana, Mandi, Polo Ralph Lauren, Ricci & Colella, The Brigde, Tommy Hilfiger, VR Menswear e Scabal.

, , ,

Deixe um comentário

MuBE realiza curso sobre o momento de crise

Será realizado no MuBE – Museu Brasileiro da Escultura um curso com tema bem atual: a crise. Em “Crise: Momento de Compreender”, os participantes receberão informações de acontecimentos históricos, desde a origem da civilização, que ajudam na compreensão e superação dos atuais problemas da economia global. Os três encontros, nos dias 29 de janeiro, 5 e 12 de fevereiro, ocorrem das 20 às 22 horas, e o valor total é de R$ 200,00.

Direcionado aos empresários e profissionais da área de gestão, o curso – ministrado por Olívio Guedes, diretor cultural do MuBE – terá como base a história da cultura, da arte e da economia, e mostrará alguns exemplos de crises que declinaram o sistema financeiro local, mas depois foram superadas. A apresentação contará com suporte multimídia (slide e músicas de época).   

As inscrições estão abertas até o dia 28, e podem ser feitas pelo telefone 2594-2601, ou pessoalmente à Rua Alemanha, 221, Jardim Europa, de segunda a sexta-feira, das 10 às 19 horas. O MuBE fornecerá Certificado de Participação.

Confira a programação:
 
1º Encontro – 29 de janeiro
Origem da Civilização
Surge a Sociedade (os sócios)

2º Encontro – 4 de fevereiro
A Informação, Cultura e Economia

3º Encontro – 12 de fevereiro
Crise: Momento de Compreender

SERVIÇO
Curso “Crise: Momento de Compreender” – Inscrições abertas: até 28 de janeiro – Local: Auditório do Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) – Rua Alemanha, 221, Jardim Europa – Dias: 29/01, 5 e 12/02, das 20 às 22 horas. Valor: R$ 200,00 – Informações: (11) 2594-2601

O MuBE possui acesso para pessoas com deficiência, restaurante e ar-condicionado.

, ,

Deixe um comentário