Posts Marcados artista

Livro sobre Isabelle Tuchband será lançado dia 4 no MuBE

Isabelle Tuchband apresenta suas belas obras

Isabelle Tuchband apresenta suas belas obras

 Será lançado na quinta-feira, dia 4 de dezembro, a partir das 19 horas, o livro de arte “Vida e Obra de Isabelle Tuchband: Será que eu sou assim?”, no MuBE (Museu Brasileiro da Escultura). A publicação faz parte da série “Resgatando Cultura”, projeto do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, e a receita gerada com a sua comercialização será revertida para as Oficinas de Arte do instituto, beneficiando jovens e adultos com deficiência intelectual.

A noite de autógrafos contará com a presença da pintora e artista plástica Isabelle Tuchband, e da organizadora do livro, Andréa Finocchiaro. No local, haverá mostra das obras da artista e, também, dos jovens atendidos pelas Oficinas de Arte da entidade. As pinturas estarão expostas no museu até o dia 8 de dezembro, sob a curadoria de Jacob Klintowitz.

O livro é uma espécie de “biografia ilustrada”, com várias fotos das obras – pinturas, esculturas e cerâmicas – intercalando com as da própria artista, em fases distintas de sua vida, contando assim, o que Isabelle fazia à época.

A produção do livro de 176 páginas, aprovada pelo Programa Nacional de Apoio à Cultura, do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, tem patrocínio de: Bradesco Seguros e Previdência, PPE Fios Esmaltados, Volkswagen Caminhões e Ônibus, Chemtech – empresa do grupo Siemens e Inapel Embalagens.

O projeto “Resgatando Cultura” deverá lançar 20 livros ilustrados de arte, e tem por objetivo registrar e divulgar a obra de artistas plásticos brasileiros, além de promover a inclusão cultural de pessoas com necessidades especiais. Os primeiros volumes foram dedicados a Eduardo Iglesias e a Marysia Portinari.

Sobre a artista
A pintora e artista plástica Isabelle Tuchband nasceu na cidade de Taubaté, no interior do estado de São Paulo, e cresceu entre as tintas, telas e pincéis do ateliê do pai, o pintor francês Émile Tuchband (1933-2006). Aos 18 anos, ela teve as primeiras aulas de escultura, e daí em diante, sua carreira no mundo das artes deslanchou, inclusive fora do País. Isabelle estudou Artes Plásticas na École des Arts Décoratifs, no Museu do Louvre, em Paris, na França.

Depois, voltou ao país algumas vezes para apresentar seu trabalho, em exposições como “Vase Vide” na Galerie Landrot, e “Artistes et Écrivains” no museu Monde de la Poste. O tour internacional inclui ainda as exposições “Vase Vide” (Espanha), “O Amor que Move o Sol e as Outras Estrelas” (Portugal), “Artuelle” (Líbano) e uma exposição coletiva em Berlim, na Alemanha.

Depois, voltou ao país algumas vezes para apresentar seu trabalho, em exposições como “Vase Vide” na Galerie Landrot, e “Artistes et Écrivains” no museu Monde de la Poste. O tour internacional inclui ainda as exposições “Vase Vide” (Espanha), “O Amor que Move o Sol e as Outras Estrelas” (Portugal), “Artuelle” (Líbano) e uma exposição coletiva em Berlim, na Alemanha.
 
Sobre o Instituto
O Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, atua desde 2007 nacionalmente com promoção, divulgação e participação em atividades culturais de diversas áreas, contribuindo com a educação, inclusão social, cultural e geração de renda para jovens com deficiência intelectual. 

Dentre os projetos do Instituto estão além de “Resgatando Cultura”, as Oficinas de Arte do programa “Pintou a Síndrome do Respeito” criado para promover a inclusão cultural de jovens com necessidades especiais. Cada oficina conta com uma equipe técnica especializada formada por: artistas plásticos, além de educadores, pedagogos, psicólogos e pediatras; e o apoio das instituições de assistência a pessoas com necessidades especiais. Em um dos módulos Marysia Portinari contribuiu ativamente, estimulando os jovens a exercitarem suas habilidades ao retratarem o mundo mágico e lúdico do circo.

Serviço: Lançamento do livro “Vida e Obra de Isabelle Tuchband: Será que eu sou assim?” (Organização: Andréa Finocchiaro) – Dia 4/12, das 19 às 23 horas. Local: MuBE – Museu Brasileiro da Escultura (Av. Europa, 218 – Jd. Europa). Número de páginas: 176. Valor do livro: R$ 100,00.
Exposições “Obras de Isabelle Tuchband” e “Pintou a Síndrome do Respeito” (Curadoria: Jacob Klintowitz). De 4 a 8 de dezembro. Informações: (11) 3081-9300.
Entrada Gratuita, estacionamento com manobristas no local. O MuBE possui acesso para pessoas com Necessidades Especiais – entrada pela Rua Alemanha, 221.
Patrocínio: Bradesco Seguros e Previdência, PPE Fios Esmaltados, Volkswagen Caminhões e Ônibus, Chemtech – empresa do grupo Siemens e Inapel Embalagens.

, , , , , , , ,

1 comentário

Revelações do Olhar: pintura digital no MuBE

timmre1

Do sul do País direto para a Sala Burle Marx do Museu Brasileiro da Escultura. As obras da artista plástica Liana Timm estarão expostas no MuBE a partir do dia 14 de novembro, em um trabalho de pintura digital. Sua produção combina a técnica manual e a tecnologia, conceito e materialidade, história e contemporaneidade. Por meio de multimídias, ela transpõe sensações e sentimentos. 

Trabalhando desde 1995 com a temática do olhar, Liana desenvolveu as séries Angulações do Olhar, Prazeres do Olhar e agora traz para o público paulistano vinte obras na mostra “Revelações do Olhar”.

A artista trabalha com linguagens multimídias, passa por diversas modalidades artísticas. Liana é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Arquitetura Habitacional e mestra em Educação pela UFRGS. Além disso, também é designer gráfica, poeta e transita pela arte da cenografia e da produção de eventos culturais.

Mas ela elegeu como atividade primordial seu trabalho nas artes visuais e na literatura. Desde 1969 atua com linguagens bi e tridimensionais. O desenho, a gravura, a pintura e a escultura são algumas das modalidades artísticas desenvolvidas, porém atualmente Liana dedica-se à arte digital, à vídeo-arte e às técnicas mistas em grandes formatos. 

Com entrada gratuita, a mostra será apresentada até o dia 15 de dezembro, de terça a domingo, das 10 às 19 horas. A curadoria é de Jacob Klintowitz.  

Serviço
Exposição “Revelações do Olhar” – Vinte obras de Liana Timm
Local: Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) – Rua Alemanha, 221, Jardim Europa
Aberto ao público: de 14 de novembro a 15 de dezembro
Horário: de terça a domingo, das 10 às 19 horas
Informações: (11) 2594-2601
Entrada Franca
O MuBe possui acesso para pessoas com deficiência, restaurante e ar-condicionado.

         timmre4

, , , , , ,

Deixe um comentário