Arquivo de setembro \28\UTC 2009

Pianista Silvia Molan vai se apresentar no MuBE

O projeto “Música no MuBE” receberá no domingo, dia 4 de outubro, a pianista Silvia Molan. Ela tocará clássicos de Ravel, Chopin, Schumann, entre outros, no Auditório Pedro Piva do Museu Brasileiro da Escultura.
 
A apresentação terá início às 16 horas, sob coordenação de Dulce Cupolo.
Confira abaixo o programa.  
  
Programa:
Bach-Busoni – Prelúdio Coral em fá menor “Ich ruf’ zu dir, Herr”
J. Haydn – Sonata em Fá maior Hob.23 / Allegro Moderato / Adagio / Finale – Presto       
M. Ravel – Sonatina: Modéré / Mouvement de Menuet / Animé
F. Chopin – Noturno Op.27 nº 2
F. Chopin – Estudo Op.25 nº 6
R. Schumann – Papillons Op.2
Villa-Lobos – Suíte Floral: Idílio na Rede / Uma Camponesa Cantadeira / Alegria na Horta
 
 Sobre a artista

Silvia Carvalho Molan nasceu na cidade de Jaú (SP), em 1989. Aos oito anos, em Bauru, iniciou seus estudos de piano com a professora Regina Célia Damiatti. Após dois anos, passou a estudar com a professora Rosa Maria Tolon.
 
Atualmente, gradua-se em piano na Universidade de São Paulo, orientada pelo professor Eduardo Monteiro. Ela já recebeu diversos prêmios em concursos nacionais, nos estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, além de alguns internacionais.
 
A pianista teve aulas e se apresentou nos Estados Unidos, em master classes com os pianistas Ney Fialkow, David Witten, Caio Pagano, Cristina Ortiz, Eudóxia de Barros, Sérgio Galo, Geoffrey Haydon, Mauricy Martin e Richard Raymond. 
  
    Serviço:
“Música no MuBE” – Recital pianista Silvia Molan   
Dia 4 de outubro (domingo), às 16 horas
Direção: Dulce Cupolo  
MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) – Auditório Pedro Piva – 192 lugares
Rua Alemanha, 221, Jardim Europa
Informações: (11) 2594-2601
Abertura da bilheteria às 15 horas
Ingressos: R$ 20,00 (estudantes e terceira idade R$ 10,00)

Possui: acesso para pessoas com deficiência, serviço de manobristas e restaurante

Anúncios

Deixe um comentário

Recital do MuBE receberá o pianista Eduardo Tagliatti

O projeto “Música no MuBE” receberá neste domingo, dia 27 de setembro, o  jovem pianista Eduardo Tagliatti. Ele tocará clássicos de Liszt, Mozart, Schumann, entre outros, no Auditório Pedro Piva do Museu Brasileiro da Escultura.
A apresentação terá início às 16 horas, sob coordenação de Dulce Cupolo. Confira abaixo o programa.  
  
Programa:
 
Mozart – Variations “Ah! vous direai je maman!”
 
Schumann – Arabesque op.18
 
Villa-Lobos – Coral “O Canto do Sertão” (das Bachianas Brasileiras n4)
 
Liszt – Parafrase de concerto sobre Rigoletto de Verdi /
São Francisco de Paula caminhando sobre as ondas
 
Ravel – Alborada del Gracioso
 
Bach-Busoni – Ich ruf zu dir, Herr Jesu Christ (prelúdio coral) /
Chaconeeduardo
   
Sobre o artista
 
Natural de Juiz de Fora (Minas Gerais), Eduardo Tagliatti nasceu em 11 de novembro de 1982. Iniciou seus estudos musicais aos sete anos de idade, e logo escolheu o piano como seu instrumento. Seus principais professores foram Claúdia Romano Ribeiro, André Pires, Maria Teresa Madeira e Antônio Bezzan.

Ele participou de vários cursos e Masters Classes como aluno de edições do “Festival de Música Colonial Brasileira e Música Antiga do Centro Cultural Pró-Musica de Juiz de Fora” de 1997 até 2000.
 
Em 2000, participou do “Curso Internacional de Música da Escola de Música de Brasília” onde participou de Master Classes com Maria Teresa Madeira e Ana Claúdia Girotto.  Eduardo foi premiado em diversos concursos, tais como: “Concurso da Orquestra Sinfônica de Goiânia”, “Concurso Maestro Spartaco Rossi de Música Brasileira”, em Tatuí/SP, “Concurso Nacional de Piano Arnaldo Estrela do centro cultural Pró-Música” e “Concurso Latino-americano Pró-arte”.  
 
 Serviço:
“Música no MuBE” – Recital pianista Eduardo Tagliatti   
Dia 27 de setembro (domingo), às 16 horas
Direção: Dulce Cupolo  
MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) – Auditório Pedro Piva – 192 lugares
Rua Alemanha, 221, Jardim Europa
Informações: (11) 2594-2601
Abertura da bilheteria às 15 horas
Ingressos: R$ 20,00 (estudantes e terceira idade R$ 10,00)

Possui: acesso para pessoas com deficiência, serviço de manobristas e restaurante

Deixe um comentário

As atrações do MuBE no evento 3ª Primavera dos Museus

No dia 26 de setembro, o MuBE – Museu Brasileiro da Escultura – terá uma programação especial dentro do evento “3ª Primavera dos Museus”, que acontecerá das 10 às 22 horas. O tema dessa edição é “Museus e Direitos Humanos”, e logo na primeira atração do dia, o MuBE discutirá justamente o reconhecimento da cultura como um direito humano. A palestra será ministrada às 10 horas, no auditório Pedro Piva.

Às 14 horas, será a vez da criançada brincar na Oficina Aquarela, onde elas poderão pintar livremente, estimulando a criatividade. A atividade ocorrerá na Sala Burle Marx.

Às 14h30, no auditório do museu, haverá aula gratuita de percussão de samba com o grupo Groove Samba, que há seis anos realiza eventos por todo o país mixando a música do DJ em diversos segmentos, com a percussão do samba ao vivo e através de seu projeto social “Groove Ação”, ministra aulas na Comunidade do Jardim Vista Alegre na Brasilândia, zona norte de São Paulo. A aula terá duas horas de duração.  

Um pouco mais tarde, às 15 horas, o público da terceira idade participará do projeto “Faça Memória”, que consiste na apreciação e na discussão sobre as obras expostas no MuBE, das exposições e do acervo permanente.

E fechando a “3ª Primavera dos Museus”, serão apresentados dois filmes franceses sobre Dança, a partir das 20 horas, no auditório.

Confira abaixo mais detalhes sobre as atrações do MuBE, todas gratuitas.  

   Palestra “Museus e Direitos Humanos”

Às 10 horas, no Auditório Pedro Piva

Objetivo: refletir sobre o papel dos museus como espaços de valorização da diversidade cultural e do direito à memória, reconhecendo a cultura como um direito humano, expresso nos modos de vida, motivações, crenças religiosas, valores, práticas, rituais e identidades.

 Palestrantes:
Prof. Edson Leite – Possui graduação em Direito pela PUC-SP, mestrado em Comunicação Social pela UMESP, doutorado em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, pós-doutorado em Ciências da Comunicação pela ECA-USP e livre-docência na área de patrimônio cultural pela EACH-USP.

Profª Drª Jane Marques – Especialista em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, mestre e doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo.

Profª Drª Livia Zago – Possui graduação e doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo, e livre-docência também pela Universidade de São Paulo.

Olívio Guedes – Diretor Cultural do MuBE e leiloeiro oficial, ele ministra uma gama de palestras e cursos. Curador de exposições nacionais e internacionais, Olívio escreveu vários catálogos e artigos, além de um dicionário de Antiguidades e um glossário de Arte.    

        Oficina Aquarela 

Às 14 horas, na Sala Burle Marx


Objetivo:
Estimular a criatividade de jovens e crianças, tendo como base as cores primárias: amarelo, azul e vermelho.

 Serão organizadas três turmas, com a participação de 30 pessoas em cada. Haverá distribuição de senhas. A oficina contará com a supervisão de monitores.  

 * Para a realização da atividade, os participantes deverão levar papel canson ou telas. O MuBE disponibilizará as tintas.

  Aulas de percussão de samba – Grupo Groove Samba

Às 14h30, no Auditório Pedro Piva


Objetivo:
Ministrar aula gratuita de percussão com o intuito de levar mais pessoas a se interessarem pela música e cultura. 
Através dessa aula, o grupo Groove Samba mostrará como é realizado o projeto “Groove Ação”, que desde outubro de 2008 promove a inclusão social e cultural de crianças e adolescentes de baixa renda na comunidade do Jardim Vista Alegre, na Brasilândia. Atualmente, cerca de 50 jovens aprendem percussão com o Groove Samba através do projeto.                 
* As inscrições devem ser feitas pelo telefone (11) 2594.2601, com Marlení Dianni.

 Faça Memória

Às 15 horas, nas exposições do MuBE

Objetivo: Realizar a apreciação e discussão sobre as obras expostas no museu, estimulando novas aprendizagens, o recrutamento de memórias afetivas, a interpretação, a socialização e novos olhares sobre si e sobre o outro.

Atividade para pessoas com mais de 60 anos. Total: 30 vagas. Haverá distribuição de senhas. O “Faça Memória” será ministrado pelas arteterapeutas Juliana Naso e Cristiane Pomeranz.

   Filmes franceses sobre Dança

Às 20 horas, no Auditório Pedro Piva

Objetivo: Os filmes fazem parte do projeto “Cine Clube MuBE – Aliança Francesa”, que desde março de 2009 exibe produções francesas de alta qualidade, em comemoração ao Ano da França no Brasil.
20h – “A rima e a razão” (La rime et la raison)
(França, 1992)
Jovens contam como tiraram, de uma rebelião, os meios de expressão artística.

Filme de Francis Guibert. Duração: 55 min.

   21h – “Suresnes, cidade dança” (Suresnes, cité danse)
(França, 1999)
O Teatro Jean-Vilar de Suresnes lança o desafio de criações sobre hip-hop a cinco coreógrafos contemporâneos.

Filme dirigido por De Jean Druon. Duração: 74 minutos.

   Sobre a Primavera dos Museus

A iniciativa, com edição anual, tem como objetivo sensibilizar os museus e a comunidade para o debate sobre temas da atualidade.

Desde a sua primeira edição, em 2007, a “Primavera dos Museus” já realizou 1454 eventos, que abordaram os seguintes temas: “Museu, Memória e Vida” e “Museus e o Diálogo Intercultural”.

 Serviço:
“Primavera dos Museus” no MuBE

Quando: Dia 26 de setembro (sábado), das 10 às 22 horas

Local: MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) – Rua Alemanha, 221, Jardim Europa

Informações: (11) 2594-2601

Possui acesso para pessoas com deficiência, ar-condicionado e restaurante no local

 

Deixe um comentário

Concurso Público para pessoas com deficiência intelectual:segunda fase será nesta 6ª feira, nas dependências do CRECI

Será realizada nesta sexta-feira, dia 18 de setembro, a segunda fase da Seleção Pública Adaptada destinada às pessoas com deficiência intelectual, que trabalharão na área administrativa do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 2ª Região (CRECI-SP), em São Paulo. Os participantes do Concurso Público realizarão a Prova Oral, às 9 horas, na sede do CRECI, no bairro Cerqueira César.      
 
Os 16 candidatos concorrem a duas vagas, e um quadro reserva com mais 10. O salário é de R$ 606, mais os benefícios de ticket (no valor de R$ 17 por dia), convênios médico e odontológico, e vale transporte. A jornada é de 40 horas de trabalho semanais, nas quais serão desenvolvidas as seguintes atividades: atendimento ao público, arquivamento de documentos, organização de despacho de documentos por malotes, utilização de recursos de informática para suporte administrativo, além de conferência de correspondência, entre outros.
 
Na primeira fase, em agosto, foi realizada a prova escrita, com questões sobre Matemática, Comunicação e Expressão em Língua Portuguesa e Conhecimentos Gerais.
O processo seletivo foi elaborado pelo Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, que, em dois anos de atividades, já beneficiou centenas de pessoas com deficiência intelectual por meio de alguns programas, entre eles, o de Inclusão no Mercado de Trabalho. A instituição possui um vasto banco de empregos.
 
A parceria do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural com o CRECI-SP está viabilizando a primeira Seleção Pública Adaptada do País.     
 
 
 Sobre o Instituto
O Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural é uma organização de sociedade civil de interesse público, fundada em 2007 com a missão de resgatar e repassar à população a diversidade cultural e artística de nosso país, ampliando o acesso à cultura, principalmente para pessoas com deficiência intelectual, favorecendo assim sua inclusão.
Entre seus principais projetos estão “Resgatando Cultura”, “Pintou a Síndrome do Respeito”, “Programa de Inclusão no Mercado de Trabalho”, “Projeto Karatê e Taekwondo”.
 
  Serviço:
Concurso Público CRECI-SP para pessoas com deficiência intelectual
Prova Oral
Local: CRECI / R. Pamplona, 1088 – 9º andar – Cerqueira César – São Paulo
Data: Sexta-feira, 18/09/09, às 9 horas 

Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural / 3081-9300 / projetos@institutoolgakos.org.br / site: www.institutoolgakos.org.br

Deixe um comentário

MuBE realiza cerimônia de premiação do festival Cine Vitrine Independente

Chegou o momento tão esperado! Neste sábado, dia 19, o MuBE – Museu Brasileiro da Escultura – realizará a cerimônia de premiação do 1° Cine MuBE Vitrine-Independente. Receberão o Troféu Cine MuBE os primeiros e segundos colocados das categorias curta e média-metragem.
A exibição dos filmes finalistas do Festival terá início às 14 horas, no auditório Pedro Piva. Às 22 horas, serão conhecidos os grandes vencedores e, na sequência, haverá um coquetel de confraternização entre os participantes.   
Eles concorrem com produções cinematográficas, amadoras ou profissionais, em formato digital (8, 16 ou 35 mm), de curta e média metragem. E os temas dos filmes são bem variados: ficção, animação, documentário, filme mudo, musical, experimental etc.
O público já participou ativamente da seleção dos finalistas, por meio de votação na Internet. A decisão final será da comissão julgadora, formada por Cassia dos Anjos, Ricardo Zimmer e Rodrigo Capella. A curadoria do festival é do crítico de cinema Christian Petermann, e a coordenação geral, de Luciana Guimarães e da diretora de Relações Internacionais do MuBE, Renata Junqueira de Azevedo Silva. “O objetivo do festival é criar um espaço alternativo para novos talentos, além de incentivar projetos inovadores na área. Queremos que o MuBE se transforme numa área de troca, de diálogo e oportunidade criativa”, explica Renata.
Segue abaixo a relação completa dos filmes finalistas, com as sinopses e os horários de exibição. Eles estão separados por temas. 
 
 14 horas
 
Curtas programa Censura Livre
*** Dois curtas-metragens que incentivam a leitura, o conhecimento, a curiosidade e a imaginação entre crianças
 
— Tratado de Liligrafia, de Frederico Pinto
A neta passa uns dias na casa do avô, que montou um divertido jogo repleto de pistas para que ela descubra um grande tesouro.
 
— Enciclopédia, de Bruno Gularte Barreto
Um garoto passa muito tempo na biblioteca lendo os volumes de uma enciclopédia. Ele geralmente está só. Até uma colega de classe despertar seu interesse.
 
           14h30 troféus Cine Vitrine    
 
Média programa Herança

 Falar da longa e importante trajetória de 40 anos do coral infantil Eco, regido pelo maestro e professor Teruo Yoshida, é também traçar paralelos com a presença da cultura japonesa em São Paulo, em especial no bairro da Liberdade
 
— Bravo!, de Christiane Kokubo
 
  15h30
 
Média programa Herança 2
*** O resgate da história e do legado da Linha Palmeiro, no Rio Grande do Sul, na região onde hoje se localiza, por exemplo, a cidade de Bento Gonçalves, é um capítulo importante na história da imigração italiana no país
 
— Caminhos de Pedra, de Pedro Zimmermann
 
  16h15
 
Curtas programa Comportamentos
*** Personagens que se comportam à margem dos padrões, em busca de padrões ou negando qualquer padrão
 
 — Livros no Quintal, de Vinícius Cruxen
Queimar os livros no quintal pode ajudá-la a superar toda a angústia e fúria que sentia.
 
— Nun of God’s Business, de André de Carvalho
Apesar de ter se casado com Deus há muitos anos, esta freira tem sonhos e desejos nada sagrados.
 
— O Borrão do Relógio, de Rafael Marton, Marcus Cruz e Thiago Amarante
Não ter ideia do que acontece no mundo externo, enfrentar medos e traumas, não conseguir sair do próprio mundo: um filme dedicado a quem não vê.
 
— Tudo que não É Espelho, de Daniel Alfaya
Seja na balada, seja na hora do esporte, quando for: este jovem tenta entender quem ele realmente é e o que deseja.
 
— Clinch, de Estevan Santos
É o termo técnico do pugilismo que indica abraçar o adversário durante a luta, interrompendo temporariamente o combate. No ringue ou na vida real. Com Milhem Cortaz e Jairo Mattos, entre outros.
 
 
17h15
 
Curtas programa Linguagens e Metalinguagens
*** Exercícios de linguagem que experimentam estéticas e narrativas diferenciadas e trabalhos metalingüísticos que tratam de aspectos do fazer cinema
  — Universo Paralelo: A Realidade É um Trocadilho, de Fabio Masami
As aparências enganam, nada é o que realmente parece ser, nenhuma mulher é apenas santa ou apenas sedutora, a religião e a luxúria.
 
— Loucuras de um Cineasta, de Valter Rege
Um jovem fissurado por cinema coloca a própria vida em risco para realizar seu primeiro (e único?) filme. Ele convoca assassinos pela internet e oferece como pagamento sua morte, que será a cena derradeira de sua obra.
 
— Gota que Falta, de Mayumi Fujiwara
Uma jovem com seus sentimentos não compreendidos, um apartamento vazio… um vazio! E ela resolve correr até a janela.
 
— Shannen Doherty + Mac and Cheese + Die Schauspielerin/A Atriz, de Paulo J. Maia
Três curtas realizados em Nova York e centrados basicamente no diálogo entre dois personagens, em várias línguas, em diferentes linguagens e com espírito globalizado. No primeiro, duas amigas latinas discutem no dia em que a personagem Brenda abandonou o seriado “Barrados no Baile”; no segundo, Mac conquista todas as mulheres, mas uma delas está sempre presente; e no terceiro, ao som de Marlene Dietrich, uma atriz alemã conversa com um amigo ruivo.
 
— Vermelho, de Cássia Hosni
Uma luz vermelha, mas às vezes outras se iluminam no ambiente…
 
— Videobook, de Leonardo Pardi
Uma atriz grava em vídeo uma apresentação com depoimentos e encenação de trechos dramáticos, revelando o que pensa sobre si e sobre a arte da interpretação.
 
— Typist and Solipsist/O Escritor e a Solipsista, de Alexandre Padilla e Josara Cogley
O breve confronto entre um escritor e sua vizinha, que não suporta o som da máquina de escrever. Ela decide exterminar tanto a máquina quanto o escritor.
 
— Darluz, de Leandro Goddinho
Disse Darluz: “Dei José, dei Antonio, dei Maria. Dei, daria e dou. Não posso criar.” Algumas mulheres ainda não saíram das trevas da escravidão.
 
  18h30
 
Curtas programa Relações Humanas
*** As pessoas se encontram e se conhecem, algumas relações permanecem platônicas, algumas significam apenas prazer, outras se tornam paixões, nunca se sabe…
  
— Beija-Me se For Capaz, de Lufe Steffen
Jovens estão em constante busca por amor em São Paulo. Entre o melodrama e a ousadia, o filme bebe na fonte e é dedicado aos cineastas Djalma Limongi Batista, Ícaro Martins e José Antonio Garcia.
 
— É Ela…, de Bruno Graziano
Um rapaz está de bobeira na praça quando vê a ex-namorada. A tarde vai passando. Um pseudo-romance, uma quase-comédia, um não-drama. Baseado num fato real que não aconteceu.
 
— Teoria da Escada, de Alan Oliveira
Thomas acorda todos os dias excitado. Numa conversa na internet, conhece Arthur e decide marcar um encontro na escadaria de seu prédio. Em cada andar, um desejo é realizado e um novo Thomas é revelado.
 
— Maria Ninguém, de Valério Fonseca
Búzios, 1964: um adolescente rouba diariamente um peixe pescado por seu pai para dar a uma bela estrangeira que está passando uns dias na região. Ele a admira à distância. O curta traz reminiscências da presença da musa francesa Brigitte Bardot no Brasil, aqui interpretada pela atriz, apresentadora e modelo Fernanda Lima.
 
 19h40
 
Média programa Herança 3
*** Antes de Arnaldo “Loki” Baptista e de Raul “Maluco Beleza” Seixas, há quem diga que houve Mario Rocha. Este documentário, que mistura personagens reais e fictícios com material de época e rodado hoje, segue a pista do lendário Mario Rocha, cuja música reinventou a vida nos anos 60 e 70 e buscou todos os sentidos de uma geração revolucionária.
 
— Procura-se, de Rica Saito
   
 20h30
 
Média programa Herança 4
*** A cultura sneaker cultua o tênis e sua rica variedade de design e customizações, com colecionadores espalhados mundo afora definindo uma tribo fashion de forte expressão urbana e contemporânea, bastante atrelada ao rock/pop, à moda, aos esportes extremos e à performance multimídia.
 
— Sneakers — Entrando de Sola na Cultura Urbana, de Edson Soares
 
 
           21h30
 
exibição hors concours de encerramento
 
— Angélica Saint-Tropez e um Café Globalizado, de Paulo Pedroso
O documentário retrata um dia na vida da artista plástica Angélica Pedroso em seu ateliê, mostrando como ela convive com o colorido de seus grandes quadros e com o belo da vida.
 
 22 horas
 
cerimônia de premiação e coquetel de confraternização
 
 Serviço:
Cerimônia de premiação do 1° Cine MuBE Vitrine-Independente
Quando: Sábado, dia 19/09, das 14 às 22 horas 
Local: MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) – Auditório Pedro Piva – 192 lugares – Rua Alemanha, 221, Jardim Europa
Censura: 14 anos
Entrada gratuita

Possui: acesso para pessoas com deficiência e restaurante no local.

Deixe um comentário